A História da Contabilidade por Solução - Escritório de Contabilidade em Curitiba

A origem da contabilidade em www.escritoriosolucao.com.br está relacionada desde os tempos mais primórdios quando o homem primitivo começou a desenvolver e aperfeiçoar o interesse pela contagem de suas riquezas. Com o passar do tempo foram surgindo técnicas matemáticas que contribuíram para o aprimoramento desta tática financeira, que na época, era vista apenas como um meio de registro.

Porém a contabilidade em Curitiba ainda é válida. Vários historiadores fizeram parte do início da contabilidade através de obras publicadas durante os períodos antigos. Em 1202, o artista Leonardo Fibonacci foi um dos principais contribuintes da difusão dos registros contábeis, pelo fato de substituir os numerais romanos pelos algarismos indo-arábicos com o intuito de facilitar toda a parte relacionada a cálculos matemáticos.

Os povos antigos precisavam de um meio em que fosse possível registrar as transações comerciais, como o pagamento de salário, impostos, dívidas, dentre outros tipos de pendências financeiras.

Nesta época, os registros eram feitos em cerâmicas com escritas cuneiformes e pinturas que validavam os recibos de entrada e saída de mercadorias. Entre os anos 8000 e 3000 a.C., na região do Oriente Médio os indivíduos utilizavam fichas de barro para representar a contagem das cabeças de gado e assim, efetuar os registros das transferências dos demais animais.

Durante a baixa idade média, no século XIII mais especificadamente, a contabilidade passou a ser mais aprofundada atingindo a maturidade dos registros contábeis. Este tipo de cálculo e registro foi disseminado primeiramente para as cidades mercantis situadas no norte da Itália e ainda foi aperfeiçoada com a técnica das partidas dobradas, que eram utilizadas com frequência na época da pré-história. Após o sucesso desta técnica, a contabilidade passou a ser empregada em toda a região da Europa, e mais tardar, se espalhou pelo mundo todo.

No século XVI, a era dos descobrimentos e o mercantilismo começaram a tomar conta de todo o processo, e como estes tipos de transações necessitavam de registros contábeis, foi nesta época em que surgiu um tratado cujo objetivo estava voltado para a criação de uma escola que trabalhasse somente com a área contabilidade.

Na região da América do Sul, durante os séculos XV e XVI, os povos incas utilizavam materiais como quipos e cordões para manter o controle contábil de suas mercadorias.

Dois séculos para frente, a Revolução Industrial passou a programar algumas ideias para fazer com que o procedimento contábil atingisse resultados mais precisos e eficientes, devido a isto, a contabilidade passou a atingir um grau de complexidade elevado, baseando não somente os dados mercadológicos, mas custeios em geral.

A escola de contabilidade foi aberta na região da Itália, e a partir desta estrutura desenvolvida com enfoque direcionado somente para o setor contabilístico, este cenário passou a dominar o mercado mundial, e a partir do século XX se tornou uma ferramenta indispensável para o controle financeiro de qualquer corporação.

Com a ascensão econômica dos Estados Unidos, a contabilidade passou a predominar as mais diversas instituições de ensino, para que houvesse a disseminação deste conhecimento para todos os povos e classes.

Muitas pessoas passaram a trabalhar especificadamente neste setor, o que acabou resultado na criação de cursos voltados para esta área e com enfoque em setores segmentados, a partir deste momento, a contabilidade gerencial passou a se desenvolver.

 

Qual o principal papel desempenhado pela contabilidade?

A contabilidade é definida como uma ciência social que visa estudar todas as informações que estejam ligadas ao patrimônio das entidades contratadas. Todos os dados que possuam alguma ligação com a corporação possuem caráter imprescindível para manter o controle financeiro.

Fenômenos relacionados a aspectos quantitativo e qualitativo, independentemente da natureza econômico-financeira devem estar registradas para que haja uma mínima margem de erro quando houver a conferência dos dados referentes ao fluxo de caixa e balancete mensal.

No Brasil, as empresas que trabalham neste setor possuem funcionários que são denominados como contadores, eles são os profissionais responsáveis por todo o controle financeiro da corporação.

 

Quem pode ser definido como um usuário da contabilidade?

As pessoas mais aptas a ocupar estes cargos são os indivíduos formados na área de administração e ciências contábeis. Estes usuários podem ser tanto internos como externos, e ainda são capazes de empregar interesses diversificados, desde que não fujam do foco em que a empresa necessita.

Países que trabalham com ativo de mercado de capitais necessitam de uma precisão ainda maior sobre as informações coletadas sobre os dados intangíveis que circulam os patrimônios das entidades aderidas.

A qualidade destas informações designará como será possível catalisar no mercado de ações.

 

Quais os principais objetivos da contabilidade em Curitiba, PR?

A contabilidade gira em torno de diversos aspectos, porém, alguns objetivos são específicos e merecem uma atenção a mais pelo fato de expressarem uma concentração assídua de informações, assim como os registros, demonstrações, análises, diagnósticos e prognósticos.

O objetivo científico situado por trás de toda a teoria da contabilidade está representado pelos relatos, planilhas e tabelas que devem ser montados e atualizados com frequência para manter os valores sempre em dia.

A administração do controle financeiro deve proceder a melhorias referentes à eficiência, produtividade e qualidade dos serviços ofertados pela corporação. O processo de elaboração destes resultados deve ser revisado diariamente para não apresentar divergências de dados no final de todo o processo. As mutações quantitativas e qualitativas do patrimônio são denominadas receitas e despesas, e é através destes quesitos se será concluído os valores exatos de cada planejamento financeiro.

São esses aspectos que darão vazão ao valor do patrimônio líquido. Outros pontos imprescindíveis estão ligados às situações que envolvam elementos jurídico-formais das transações que foram elucidadas.

Com uma visão estruturalista, os objetivos contábeis são definidos através da coleta de informações pela gestão empresarial, neste caso, os fenômenos endógenos estariam ligados aos dados referentes à gestão, e os fenômenos exógenos seriam sobre os elementos mercadológicos.

Para que estes dados coletados sejam definidos como informações com finalidades contabilísticas, é preciso que eles sejam materializados em fatos contábeis e escriturados. Somente após a escrituração, o objetivo será implementado ao controle contábil.

É preciso definir em qual dimensão o documento estará situado, para que seja identificado através dos fenômenos corretos. Os planos geralmente disponibilizados estão baseados nas dimensões: jurídicas, administrativas e econômicas. Em alguns casos, pode ser definido como contabilidade multidimensional.

As técnicas contáveis presente neste ramo estão relacionadas aos seguintes processos:

  • Escrituração;
  • Demonstrações contábeis;
  • Auditoria;
  • Análise de balanço;

Com o constante desenvolvimento desta ferramenta, atualmente, a contabilidade está presente em diversos ramos apresentando vários segmentos e finalidades. Os ramos mais frequentes são:

 

Contabilidade em Curitiba

Solução Escritório de Contabilidade Rua Guilherme Ihlenfeldt, 168 Curitiba - PR. 82620-030 - Brasil (41) 3367-2727